sábado, 10 de junho de 2017

Governo e Vale discutem nova ferrovia e retorno da Samarco

09/06/2017 - Folha Vitória

O governador explica que a retomada da Samarco é uma outra ação estratégica necessária para auxiliar na retomada do crescimento econômico do Estado e do país

Redação Folha Vitória

 "Estamos defendendo a volta do funcionamento da empresa, mas com absoluta segurança", diz Paulo Hartung. Foto: TV Vitória

O governador Paulo Hartung e o novo presidente da Vale, Fábio Schavartsman, debateram o retorno das atividades da mineradora Samarco, a renovação da concessão da ferrovia Vitória-Minas e o novo ramal ferroviário que interligará a capital do Estado, Vitória, a Região Sul do Estado. O encontro entre Hartung e Schavartsman foi realizado nesta quinta-feira (08), no Palácio Anchieta, em Vitória. Foi o primeiro encontro de trabalho com o governador capixaba desde que Fábio assumiu a presidência da Vale.

O governador explica que a retomada da Samarco é uma outra ação estratégica necessária para auxiliar na retomada do crescimento econômico do Estado e do país. "A Samarco é uma empresa de impacto econômico nacional. Estamos defendendo a volta do funcionamento da empresa, mas com absoluta segurança. É isso que estamos construindo", pondera.

A Vale já apresentou aos Governos Estadual e Federal a proposta para construção do novo ramal ferroviário como contra partida a renovação da concessão da via. O investimento previsto está estimado em aproximadamente R$ 1 bilhão. “A Vale está afirmativa na proposta e estamos trabalhando também junto ao Governo Federal , com a apoio de nossa bancada federal”, explica o governador Paulo Hartung.

Para Paulo Hartung, a nova ferrovia será uma importante realização para dinamizar a economia da região sul do Estado e viabilizar importantes projetos na área portuária. Hartung relembra que, apesar da concessão da Ferrovia que interliga Vitória-Minas espirar em 2026, a empresa já iniciou o processo de renovação e o investimento no novo ramal ferroviário seria uma contrapartida da mineradora para manutenção da permissão de uso da Vitória-Minas.

"Essa ferrovia pode possibilitar a viabilização de três importantes projetos portuários na região sul do Estado. Estamos participando das discussões. A palavra final é do Governo Federal, mas estamos atuando em conjunto com nossa bancada federal para possibilitar estes importantes investimentos que serão estratégicos para dinamizar a economia e cadeia de fornecedores no sul do Estado”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário