quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Trem fará ligação entre MG e Rio no ano que vem

04/11/2015 - O Tempo - BH

Minas deve ganhar uma nova modalidade de transporte em direção ao Rio de Janeiro a partir do primeiro semestre de 2016. Batizado de Expresso Trem da Terra, a composição sob trilhos é resultado da iniciativa de voluntários, empresários e autoridades dos dois Estados, que se reuniram para criar um trem turístico que vai ligar Cataguases, na Zona da Mata, à cidade fluminense de Três Rios, passando por outros seis municípios.

Duas locomotivas da composição já foram cedidas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) à Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) Amigos do Trem, que será responsável pela operação. "Nós já demos entrada nos documentos no Ministério dos Transportes, e está tudo caminhando muito bem”, afirmou o presidente da entidade, Paulo Henrique do Nascimento.

As viagens serão realizadas nos fins de semana e feriados, duas vezes ao dia, e terão cinco horas e meia de duração. O trecho de cerca de 180 km inclui, além das cidades de partida e chegada, os municípios de Recreio, Leopoldina, Volta Grande, Além Paraíba e Chiador, todos na Zona da Mata, em Minas, e Sapucaia, no Rio.

De acordo com Nascimento, o trem terá de oito a dez vagões e dois restaurantes. A capacidade inicial é de 240 pessoas, e o preço estimado da passagem é de R$ 40 a R$ 50 por viajante. "Vai ser um passeio lindo, que vai passar por rios e montanhas, uma paisagem espetacular”, disse Nascimento.

Comércio. O trem terá ainda uma feira móvel, com artesanatos e produtos da culinária das cidades. Além disso, as estações serão palcos de atrações culturais, como música e teatro. "Vamos gerar 500 empregos, diretos e indiretos, entre pessoas que vão trabalhar no trem, nas estações e na feira”, pontuou Nascimento.

Sem retorno

Silêncio. Procurado, o Ministério dos Transportes encaminhou a demanda à Agência Nacional de Transportes Terrestres, que não retornou até o fechamento desta edição, assim como o Dnit.

Respostas

Concessionária. A Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), responsável pela malha rodoviária, informou que "tem conhecimento dos estudos para a implantação” do treme que "tem cooperado” com a iniciativa. Afirmou, ainda, que "possui concessão exclusivamente para o transporte ferroviário de cargas” e que a implantação do projeto depende de "autorizações legais dos órgãos competentes”.

Setop. A Secretaria de Estado Transportes e Obras Públicas declarou que a viabilidade do projeto "será estudada com o Plano de Mobilidade da grande BH, com início dos trabalhos previsto para 2016”.

Projeto faz parte de reativação de linhas

O projeto que vai ligar Cataguases (MG) a Três Rios (RJ) é uma das 16 propostas de reativação de linhas ferroviárias apresentadas ao governo de Minas por ONGs e entidades mineiras, conforme mostrou O TEMPO em junho. "Infelizmente não tivemos retorno do governo, e nada foi feito. Talvez consigamos implementar essa, mas vai ser mais por atuação de ONGs do que pelo Estado”, disse o presidente do Instituto Cidades, André Tenuta.

As sugestões apresentadas ao secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares, abrangem, ao todo, 2.147 km de trilhos. Desses, 1.852 km estariam em condições de rodar e 295 km precisariam de recuperação.

Segundo Tenuta, o projeto de um trem no Belvedere, na região Centro-Sul da capital, que teria cerca de 4 km de extensão, está em andamento, com o apoio da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana. "Para ir para frente depende da cessão da linha pelo governo federal”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário