quarta-feira, 11 de junho de 2014

Vale renova vagões da Estrada de Ferro Carajás

10/06/2014 - Revista Exame

A Estrada de Ferro Carajás tem 892 km, cinco estações ferroviárias e dez pontos de parada.

São Paulo - A linha de trem de passageiros da Estrada de Ferro Carajás (EFC), que faz a ligação entre Maranhão e Pará, recebeu novos vagões que vão compor sua frota.

A linha é mantida pela Vale e a empresa investiu US$ 55,6 milhões na renovação, segundo comunicado. Os vagões são fabricados na Romênia.

Serão, ao todo, 39 novos carros, sendo seis executivos e 21 econômicos, além de vagões-restaurante, lanchonete, gerador e cadeirante (destinado a pessoas com dificuldade de locomoção).

Os primeiros carros desembarcaram no último sábado (7) em São Luís. De acordo com a companhia, outro lote está previsto para chegar no segundo semestre do ano.

Logo após a chegada, os equipamentos serão montados e seguirão para testes na ferrovia ao longo de 2014.

A previsão é que comecem a operar no primeiro trimestre de 2015.

A Vale também está renovando a frota do trem de passageiros da Estrada Vitória a Minas (EFVM) e os novos vagões começarão a operar ainda neste semestre.

"É de grande importância para a Vale a renovação da frota da EFC, tendo em vista que o trem atende a 23 municípios no Maranhão e a quatro no Pará. Parte dos nossos usuários depende unicamente deste transporte e este investimento vai oferecer um serviço cada vez mais seguro, moderno e confortável aos passageiros e às comunidades situadas ao longo da ferrovia", afirma, em nota, o diretor de Operações da EFC, Carlos Mello Júnior.

A Estrada de Ferro Carajás tem 892 km, cinco estações ferroviárias e dez pontos de parada. São, em média, 350 mil passageiros transportados por ano, segundo a Vale.

Fonte: Revista Exame 

Nenhum comentário:

Postar um comentário