sexta-feira, 5 de abril de 2013

Governo de SC e Exército fazem parceria para garantir Ferrovia

04/04/2013 - Portal SC 24 Horas

O objetivo da parceria é aproveitar a mão de obra do Exército e ganhar tempo.

Fernanda Rodrigues

Brasília - O governador Raimundo Colombo recebeu, nesta quarta-feira, dia 3, em Brasília, o parecer favorável para a construção da ferrovia que vai de São Miguel do Oeste a Itajaí, conhecida como Ferrovia do Frango. As obras serão executadas pelo 1º Batalhão Ferroviário de Lages, ligado ao Exército.

Raimundo Colombo se reuniu, na manhã desta quarta, com o diretor da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo, e com o diretor geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), general Jorge Fraxe. O objetivo da parceria é aproveitar a mão de obra do Exército e ganhar tempo. "Com esta parceria, valorizamos o dinheiro público e vencemos etapas. Como se tratam de dois órgãos públicos, não é necessário processo licitatório e aguardar todas as suas fases", explicou o governador.

A presidente Dilma Rousseff também aprovou e autorizou a execução da rodovia pelo Exército. Já o projeto será feito pela Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A. "Vamos acertar os detalhes desta integração e definir o cronograma. Nunca estivemos tão perto de começar obra tão estratégia para Santa Catarina", acrescentou o governador. A expectativa é que os trabalhos comecem até o final deste ano.

O general Fraxe também confirmou para o dia 10 de abril o lançamento do novo edital de licitação para o lote da BR-470 entre Blumenau e Indaial. O governador Colombo também buscou recursos para a duplicação dos oito quilômetros urbanos da BR-280 entre Guaramirim e Jaraguá do Sul, trecho fora do projeto de duplicação aprovado no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). "O governo do Estado já tem o projeto e precisamos apenas de convênio para executar a obra", explicou. Ao todo, a obra está orçada em R$ 85 milhões, contemplando três elevados. "Temos condições de começá-la imediatamente, o que resolverá este grave pronto de congestionamento na região", finalizou o governador.

Participaram também da reunião em Brasília os secretários de Infraestrutura, Valdir Cobalchini; de Articulação Nacional, João Matos; da Casa Civil, Nelson Serpa; da Fazenda, Antônio Gavazzoni e da Saúde, Dalmo de Oliveira.

Fonte: Portal Santa Catarina 24 Horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário