terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Disputa pelo traçado da Ferrovia do Frango

21/02/2013 - Portogente

Empresários de Santa Catarina estão disputando, num verdadeiro cabo de guerra, o traçado da chamada Ferrovia do Frango, uma das mercadorias mais exportadas pelo estado. Os representantes do Vale do Itajaí pleiteam que a linha férrea passe pelo local para que a carga seja embarcada pelos portos de Itajaí e Navegantes. Já os empresários do norte catarinense batalham para que a ferrovia passe por aquela região e seja enviada ao exterior pelos portos de São Francisco do Sul e Itapoá.

Um dos momentos decisivos para a decisão desse embate está previsto para 15 de março, quando o Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo, visitará o estado e participará de reunião na Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc). A EPL recebeu como incumbência da presidenta Dilma Rousseff planejar e definir toda a política de transportes no País.

Em entrevista à Rádio Nereu Ramos, em Santa Catarina, o deputado e ex-governador Esperidião Amin disse que a ferrovia não passaria pelo Vale do Itajaí. O motivo seria o alto custo da obra. Segundo já declarou Figueiredo, a ideia preliminar da EPL é mesmo utilizar a estrutura existente da ferrovia entre Mafra e São Francisco do Sul, modernizando-a. Assim, o empresariado do Vale do Itajaí precisa correr atrás do prejuízo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário