quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Transporte de carga por trem vai chegar a Viracopos

05/12/2012 - Jornal Todo Dia de Americana

Diretoria da Aeroportos Viracopos Brasil recebe o ministro Wagner Bittencourt, da Secretaria de Aviação Civil, em Campinas: linha férrea até Viracopos

Por Thiago Rovêdo - Campinas

O ministro-chefe da SAC (Secretaria da Aviação Civil), ligado à Presidência da República, Wagner Bittencourt, informou que o terminal de cargas do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, vai ter uma interligação à linha férrea para escoamento de produtos de exportação e importação. Essa ligação deverá ser feita junto com a expansão de trens metropolitanos de passageiros, que interligará 14 cidades à Capital e ao Aeroporto Internacional de Viracopos, passando por Americana.

O ramal está inserido em um plano do governo estadual aprovado anteontem e que prevê uma PPP (Parceria Público-Privada) para a construção de 431 quilômetros de linhas de trens metropolitanos. "Por enquanto, já existe a licitação do TAV (Trem de Alta Velocidade), que está bem encaminhada. Enquanto isso, o governo federal está conversando com o Estado para que os trens regionais possam acessar o aeroporto em linhas segregadas, que servirão tanto para o transporte de passageiros como o de cargas", afirmou Bittencourt.

De acordo com o ministro, as composições que farão o transporte de passageiros também levariam carga, que ficaria em vagões separados. A velocidade média projetada para esse trem é de 160 quilômetros por hora.

A concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, que administra o aeroporto, informou que está desenvolvendo estudos para remoção da atual linha férrea destinada ao transporte de cargas em cerca de sete quilômetros, mas que não comentaria os projetos do Estado e do governo federal.

Produção

Anualmente, de acordo com a concessionária, 280 mil toneladas em produtos exportações e importações passam pelo local, porém, daqui a 30 anos, quando termina o contrato, esse montante deve chegar a 1,5 milhão de toneladas.

O projeto dos trens metropolitanos prevê a construção de quatro linhas de trens expressos regionais saindo da Capital. Os trajetos são São Paulo-Jundiaí-Campinas-Americana, São Paulo-São José dos Campos, São Paulo-São Roque-Sorocaba e São Paulo-ABC-Santos. O investimento, por PPP, será para concessão do serviço por 35 anos. O valor total é de R$ 18 bilhões, sendo R$ 12,5 bilhões de iniciativa privada e R$ 6 bilhões por contrapartida pública.

A concessionária também ressaltou que, caso a demanda por transporte de carga por via férrea até Viracopos seja identificada, "poderá providenciar a ligação da linha férrea com o terminal de cargas de Viracopos".

O governo do Estado informou, através da assessoria de imprensa, que, por enquanto, não existe um projeto para essa integração e que o secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, estava indisponível, ontem, para comentar o caso.



Enviado via iPhone

Nenhum comentário:

Postar um comentário