segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Vale recebe licença ambiental para expansão da EFC

19/11/2012 - Revista Ferroviária

A Vale recebeu do Ibama a Licença de Instalação (LI) para a expansão da Estrada de Ferro Carajás (EFC), entre a área de mineração no Pará ao terminal marítimo de Ponta da Madeira, no Maranhão. O projeto contempla obras em 786 km da ferrovia, incluindo a duplicação de 559,7 km da EFC. A conclusão da obra está prevista para 2017.

Em setembro de 2011, a Vale iniciou os serviços e obras de terraplanagem, drenagem, construção de obras de arte especiais (bueiros, passagens de gado, passagens de veículos, etc), instalação de rabichos ferroviários, infraestrutura de sinalização, energia e telecomunicações nos trechos das cidades maranhenses de Santa Rita, Itapecuru Mirim, Bom Jesus das Selvas, Açailândia e Cidelândia; e na paraense, Marabá. Os trechos receberam a liberação do Ibama em dezembro de 2010 e os demais estavam aguardando os licenciamentos.

A licença permitirá o início das obras de expansão de capacidade da EFC para 230 milhões de toneladas métricas por ano (Mtpa), fator importante para a logística do projeto de Serra Sul S11D, com capacidade estimada em 90 Mtpa de minério de ferro. O projeto envolve investimentos de US$ 19,5 bilhões, sendo US$ 8,1 bilhões na mina de minério de ferro e planta de processamento em três módulos, e US$ 11,4 bilhões na ampliação da infraestrutura de logística, ferrovia e terminal marítimo.


Enviado via iPhone

Nenhum comentário:

Postar um comentário