segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Ministro defende competência da Vale para fazer projetos de ferrovias

19/11/2012 - Folha de São Paulo

Ao ser questionado sobre a disposição da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) de vetar a execução do projeto pelas empresas que elaborarem os estudos, Passos preferiu não polemizar.



O ministro Paulo Sérgio Passos (Transportes) disse nesta segunda-feira (19) que a Vale tem competência para desenvolver projetos de ferrovias do programa de investimento em logística lançado pelo governo federal em agosto deste ano.

"Tem que ser considerado o aspecto de conveniência em que a Vale pode desenvolver análises e estudos com grande velocidade", disse o ministro após a divulgação do quinto balanço do PAC 2 (segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento).

Ao ser questionado sobre a disposição da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) de vetar a execução do projeto pelas empresas que elaborarem os estudos, Passos preferiu não polemizar.

Sem citar o nome da Vale, ele respondeu que o modelo escolhido é totalmente aberto e, portanto, não deve restringir qualquer tipo de agente que estiver interessado nos leilões --sejam os usuários com ou sem carga própria, as atuais concessionárias e as operadoras independentes.

Rigorosamente em dia

Passos disse que o programa de investimento em logística está rigorosamente em dia e que serão concluídos no primeiro semestre de 2013 todas as audiências públicas e análises de viabilidade econômico-financeira pelo TCU (Tribunal de Contas da União) dos 7.500 quilômetros de rodovias.

Os 10 mil quilômetros de ferrovias do programa terão um primeiro grupo de projetos liberados entre maio e junho de 2013, e o segundo será licitado no decorrer do segundo semestre do ano que vem.



Enviado via iPhone

Nenhum comentário:

Postar um comentário