sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Cresce o interesse pelo TAV

08/11/2012 - Revista Ferroviária

Franceses, alemães, espanhois e coreanos renovaram seu interesse pelo TAV e estão aguardando, com ansiedade, a publicação, afinal, do edital de licitação do C1, que vai definir a tecnologia do trem e sistemas, prometida para o dia 26 de novembro.

Os coreanos estão buscando ativamente um representante que substitua a Trends, de Paulo Benites, que os apoiou no modelo anterior do leilão. Os alemães trouxeram para o Brasil o diretor para as Américas da Deutsche Bahn International - a consultora da ferrovia alemã - Wolfgang Pelousek, que acaba de fixar residência no Rio.

Os franceses vieram com Alain Bullot, ex-diretor de Mecânica da SNCF francesa, enviado ao Brasil por Guillaume Pepy, presidente da ferrovia, com a tarefa específica de acompanhar de perto os acontecimentos. Os franceses vão apresentar a última versão do TGV Duplex, ainda na prancheta, acreditando na alta demanda gerada pela nova ligação.

A espanhola Talgo está formando um consórcio com a Invensys Rail, Renfe e Indra para a disputa da licitação. O grupo ainda está negociando a participação de uma empresa de eletrificação e outra de tecnologia da informação.

Só quem não mostra o jogo são os japoneses. Masao Suzuki, que na primeira fase trabalhou para a Mitsui, deixou a posição de executivo e permanece ligado à empresa como consultor. O interesse continua, mas sem informação.


Enviado via iPhone

Nenhum comentário:

Postar um comentário