sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Construtora prevê tempo maior para construção do TAV

08/11/2012 - Revista Ferroviária

Durante a Feira Negócios nos Trilhos 2012, Marco Antônio Ladeira, diretor da Andrade Gutierrez, afirmou que, segundo os estudos da empresa, a entrega de todos os trechos do TAV levará cerca de oito anos. Diferente dos cinco anos previstos no edital.

O diretor destacou que a construção de uma superestrutura como a do TAV brasileiro se assemelha à construção da usina de Itaipu, em relação às escavações e utilização de concreto necessárias para a obra. "Comparadas, a obra do TAV equivale e uma Itaipu e meia", diz Ladeira.

A dimensão da obra é a justificativa da Andrade Gutierrez para o aumento no tempo de construção. O projeto está orçado em R$ 35,6 bilhões.

Ladeira participou do debate sobre os desafios para a implantação do Trem de Alta Velocidade entre o Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas. Na ocasião, o consultor em transportes, Plínio Assmann, comentou que também faz parte dos estudos do TAV a extensão da linha, em um segundo momento, para Curitiba e Belo Horizonte e a intenção de levar o TAV até Brasília, passando pelas cidades de Ribeirão Preto e Uberaba.



Enviado via iPhone

Nenhum comentário:

Postar um comentário