domingo, 28 de outubro de 2012

Seminário técnico discutiu a revitalização da Madeira-Mamoré

27/10/2012 - Rondoniaovivo

Para o Superintendente do IPHAN em Rondônia, Beto Bertagna, este diálogo é importante porque mostra a transparência e a seriedade com que são tratadas as intervenções na Madeira-Mamoré


O IPHAN, através da sua Superintendência em Rondônia, promoveu nesta sexta (26) um Seminário Técnico para discutir e dialogar com a sociedade as intervenções no Pátio da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, bem tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional.

O painel da manhã foi apresentado pelos palestrantes José Cavalcanti Neto (coordenador de Patrimônio Ferroviário do IPHAN), Júlio de Moraes (restaurador e conservador do IFPPC - Instituto de Ferrovias e Preservação do Patrimônio Cultural) e Geraldo Godoy (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária - ABPF) e visou mostrar um panorama da situação das ferrovias turísticas e culturais do Brasil.

Ao final da primeira rodada, foram discutidas e esclarecidas ao público presente diversas questões envolvendo a preservação do patrimônio histórico.

No painel da tarde, as apresentações ficaram a cargo do arquiteto José Leme Galvão Júnior (Coordenador de Jardins Históricos do IPHAN), da historiadora Carolina Pena Alencar (Mestre pelo Programa de Especialização em Patrimônio do IPHAN) e do engenheiro-civil Valter Vilhena Valio (responsável pelos projetos das estruturas metálicas dos galpões e da oficina).

Para o Superintendente do IPHAN em Rondônia, Beto Bertagna, "este diálogo é importante porque mostra a transparência e a seriedade com que são tratadas as intervenções na Madeira-Mamoré, projetadas, executadas e fiscalizadas por arquitetos e engenheiros de renome nacional na área da preservação histórica."

"É natural que as pessoas tenham muitas dúvidas, afinal nunca foi feito nada parecido até então em Rondônia." – finalizou Bertagna.

Fonte: Rondoniaovivo.com


Enviado via iPhone

Nenhum comentário:

Postar um comentário