sábado, 27 de outubro de 2012

Ferrovia Tereza Cristina pode retomar transporte de passageiros

27/10/2012 - Diário do Sul

A manifestação de interesse visa a oferecer uma forma cômoda de viajar com segurança, sem problemas de trânsito, com rapidez, preço reduzido e baixo impacto ambiental.

Tubarão - Uma empresa de Portugal apresentou um projeto para o transporte público ferroviário de passageiros no Sul de Santa Catarina, utilizando a Ferrovia Tereza Cristina, ligando o interior à orla de Imbituba.

O plano foi mostrado ontem aos diretores da FTC, pelo administrador da empresa portuguesa Logistel, Albino Pedrosa. Os secretários de Desenvolvimento Regional da Grande Florianópolis e de Tubarão, Renato Hinnig e Haroldo de Oliveira da Silva, respectivamente, acompanharam a visita, representando o governador do Estado, Raimundo Colombo.

A manifestação de interesse visa a oferecer uma forma cômoda de viajar com segurança, sem problemas de trânsito, com rapidez, preço reduzido e baixo impacto ambiental. "Aumentar as opções e a capacidade do sistema de transportes nas áreas urbanas e suburbanas é nossa aposta. O serviço de passageiros abrangerá cerca de 11% da população residente na área de influência direta da malha da Ferrovia, que tem 164 quilômetros de extensão e atravessa 14 municípios, quase de uma ponta à outra do Sul do Estado", explica Pedrosa.

O diretor-presidente da FTC, Benony Schmitz Filho, pontua que por décadas não se falou em ferrovias e agora, com o novo modelo logístico, o setor ferroviário voltou a ser lembrado por ser um forte corredor do desenvolvimento econômico. "Santa Catarina também precisa de uma malha ferroviária para dar suporte ao volume de mercadoria que comercializa. Precisamos pensar na relevância social deste projeto. Trazer de volta o trem de passageiros elevaria a sua importância à sociedade", ressalta Benony, lembrando que o último ano com transporte regular de passageiros foi 1968.

Fonte: Diário do Sul




Enviado via iPhone

Nenhum comentário:

Postar um comentário