segunda-feira, 1 de outubro de 2012

ALL amplia fronteira logística do Centro-Oeste

03/06/2012 - Ponto Gente

A chegada da ferrovia em Itiquira transformou a economia da região. Com pouco mais de 11 mil habitantes, Itiquira registrou em dois anos, desde o anúncio da chegada da ferrovia, mais de 1.500 carteiras de trabalho assinadas.

A ALL - América Latina Logística (Bovespa: ALLL3), maior operadora logística com base ferroviária da América Latina, inaugurou, em cerimônia neste sábado, 2 de junho, o trecho ferroviário de 120 km entre Alto Araguaia e Itiquira (MT) e o terminal de grãos da Seara, criando uma nova fronteira ferroviária para os produtores de grãos da região.

O sistema logístico beneficiará produtores das regiões sul do Mato Grosso em um raio de 200 quilômetros e reduzindo o custo do escoamento ao diminuir o trecho feito de caminhão até o embarque ferroviário. Em geral, o transporte ferroviário é 25% a 30% mais econômico do que o rodoviário.

Para o presidente da ALL, Eduardo Pelleissone, a entrada em operação desse sistema é um marco para a empresa. "Completamos mais uma etapa do projeto de expansão da Malha Norte, sonho iniciado em 2009 que deve consumir investimentos de R$ 700 milhões e será concluído ainda este ano. Mas, sobretudo, posicionamos a ALL mais próxima dos produtores agrícolas do Mato Grosso, carentes de soluções logísticas adequadas para uma exportação competitiva", explica.

O terminal de Itiquira, construído e operado pela Seara, compreende aproximadamente 6 km de extensão, em uma área de quase 70 hectares. "Com uma capacidade estática de 100 mil toneladas/dia e movimentação estimada de 2,5 milhões de toneladas por ano, o terminal conecta a ferrovia à rodovia MT-299, atraindo o principal fluxo da região que é a soja em direção ao Porto de Santos (SP), mas também de outros grãos, como o milho", revela o presidente da Seara, Santos Zanin Neto.

Este será o terceiro terminal rodoferroviário interligado à malha da ALL no Mato Grosso, somando-se ao de Alto Taquari, em operação desde 2000, e ao de Alto Araguaia, de 2003, ambos pertencentes à operadora.

Desenvolvimento - a chegada da ferrovia em Itiquira transformou a economia da região. Com pouco mais de 11 mil habitantes, Itiquira registrou em dois anos, desde o anúncio da chegada da ferrovia, mais de 1.500 carteiras de trabalho assinadas. Os trilhos chegaram junto com desenvolvimento, melhoria da qualidade de vida da população e aumento do índice de crescimento econômico. Segundo dados da prefeitura, em apenas um ano foram concedidos 195 alvarás de funcionamento para pequenas e médias empresas.

Fonte: PortoGente

Nenhum comentário:

Postar um comentário