quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Sul precisa de R$ 70 bi para logística, aponta estudo

29/08/2012 - Avicultura

A estimativa é que se os investimentos não forem feitos, o custo logístico de transportes da região Sul passe dos R$ 30,6 bilhões registrados em 2010 para R$ 47,8 bilhões em 2020

Os gargalos em infraestrutura da região Sul foram levantados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) em estudo que aponta a necessidade de investimento de R$ 70 bilhões em rodovias, ferrovias e portos, para destravar os nós logísticos e aumentar a competitividade.

O levantamento, divulgado ontem em Brasília, aponta que as perdas anuais em função do déficit da infraestrutura na região chegam a R$ 4,3 bilhões. Intitulado "Sul Competitivo", o estudo traz 177 projetos que devem estar na pauta do governo nos próximos anos. Entre os projetos, 51 são considerados prioritários e demandariam R$ 15,2 bilhões em investimentos. "O investimento nesses projetos evitaria gastos anuais de R$ 3,4 bilhões", aponta o diretor responsável pelo estudo, Olivier Roger Sylvain Girard.

A estimativa é que se os investimentos não forem feitos, o custo logístico de transportes da região Sul passe dos R$ 30,6 bilhões registrados em 2010 para R$ 47,8 bilhões em 2020. Esses valores representam a soma de todos os custos logísticos - frete, pedágio, taxas de terminais - pagos por todos os produtos originados.

O estudo destaca que nas 14 rodovias mais importantes da região o tráfego excede em mais de 100% a capacidade das pistas, medida pelo movimento que são capazes de sustentar. Já no setor ferroviário, são necessários, segundo o levantamento, aportes de R$ 38,5 bilhões para escoar a produção com custos menores.

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson de Andrade, ressaltou que a execução dos investimentos ainda é lenta por conta da burocracia e não atingiu o patamar esperado. "Os gargalos logísticos afastam empresas", disse.

Fonte: Avicultura 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário