quarta-feira, 25 de julho de 2012

Rumo dobra capacidade com novo equipamento

24/07/2012 - Jornal A Tribuna

A instalação do novo equipamento irá elevar de maneira significativa a capacidade de embarque da empresa, e de forma mais rápida, além de contribuir para a redução no tempo de espera dos navios de todo o Porto de Santos.

A capacidade de movimentação de açúcar no terminal da Rumo Logística será duplicada. Tudo por conta da compra de um novo shiploader - equipamento utilizado para operações de carregamento de materiais a granel – com capacidade para embarcar duas mil toneladas por hora. O novo equipamento foi adquirido por R$ 35 milhões e entrará em funcionamento até o final deste mês.

Além de agilizar o embarque dos navios, o novo shiploader será capaz de gerar energia, que será devolvida para a própria rede, tornando-se uma fonte limpa e que também otimizará o consumo local. Neste momento, o equipamento está sendo submetido a testes com cargas.

O novo shiploader também permitirá que a empresa realize carregamentos de navios do tipo Cape Size (120 mil DWT), o que não era possível ser feito com o modelo antigo, já que ele atendia somente navios Panamax (60 mil DWT).

Fabricado com a mais moderna tecnologia, o novo maquinário poderá ser operado diretamente da sala de controle ou através de uma cabine de operação situada no topo do shiploader. Uma outra forma de operação será feita por meio de um joystick, onde o funcionário guiará a máquina de dentro do navio que estará sendo carregado.

A substituição do shiploader trará uma redução de 33% no tempo de embarque do terminal da Rumo Logística. Se hoje o tempo médio é de 30 horas por berço, com a mudança haverá uma diminuição desse número para 20 horas. O novo equipamento irá potencializar a capacidade dos dois berços existentes no terminal da empresa para 6 mil toneladas embarcadas por hora.

Energia

Sempre que estiver em funcionamento, o novo shiploader irá gerar energia. Isso ocorrerá toda vez que a lança do shiploader descer para carregar o porão do navio. Esta operação se repete em média 20 vezes por navio carregado.

A instalação do novo equipamento irá elevar de maneira significativa a capacidade de embarque da empresa, e de forma mais rápida, além de contribuir para a redução no tempo de espera dos navios de todo o Porto de Santos.

Todas essas iniciativas integram o plano de investimentos de R$ 1,3 bilhão para a reversão do modal rodoviário para o ferroviário, que já está sendo colocado em prática.

Ações

Entre as ações previstas pela empresa, está a construção de uma cobertura de 21 mil metros quadrados para permitir o embarque de açúcar também em dias de chuva. A expectativa é de que a estrutura esteja pronta para a safra de 2013. O projeto vai custar R$ 65 milhões.

Recentemente, a Rumo também investiu R$ 41 milhões na aquisição de 200 novos vagões que serão entregues até outubro deste ano. Com este aporte, a empresa passa a ter em sua frota 929 modernos vagões que serão empregados no projeto da empresa de transportar 11 milhões de toneladas de açúcar e grãos até 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário