segunda-feira, 23 de julho de 2012

Resultado operacional da ALL é 2,2% maior no 2º tri

20/07/2012 - Valor Econômico

A América Latina Logística (ALL) registrou avanço de 2,2% no resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) consolidado do segundo trimestre, para R$ 499,6 milhões, na comparação com o mesmo período de 2011.

Os dados constam da prévia da companhia divulgada hoje. No semestre, o Ebitda, uma medida não padronizada, somou R$ 820 milhões, alta de 3,8% em relação aos primeiros seis meses do ano passado.

O volume ferroviário consolidado do Brasil, apresentado pela unidade de negócio ALL Operações Ferroviárias, apresentou um crescimento de 2,3% na comparação entre os segundos trimestres de 2012 e 2011, chegando a 11,29 bilhões de toneladas por quilômetro útil (TKU). Segundo a companhia, o resultado foi impulsionado por ganhos de participação de mercado no segmento agrícola.

“O crescimento foi alcançado apesar de condições de mercado adversas que enfrentamos e dos problemas operacionais ocorridos nos portos em que operamos, devido à elevada densidade de chuvas no período, à greve no Porto de Santos e às restrições de calado no Porto de Paranaguá”, afirmou a ALL em comunicado.

De acordo com a companhia, os dados de volume, porém, são pro forma, calculados como se as empresas Brado Logística e Ritmo Logística, ambas criadas no decorrer de 2011, já existissem no primeiro trimestre do ano passado.

O volume registrado pela Brado Logística, medido em número de contêineres, cresceu 18% no segundo trimestre ante igual período anterior, passando de 10,2 mil para 12,1 mil contêineres. No semestre, o avanço foi de 17%, para 24,2 mil contêineres.

Para a Ritmo Logística, o volume medido em quilômetros rodados aumentou 16%, passando de 15,8 milhões de quilômetros no segundo trimestre de 2011 para 18,3 milhões de quilômetros entre abril e junho deste ano. No primeiro semestre, o volume cresceu 13%, para 35,1 milhões de quilômetros.

A ALL Holding é composta por quatro principais negócios: ALL Operações Ferroviárias, Vetria Mineração, Brado Logística e Ritmo Logística.

Leia também:

ALL apresenta números ‘fracos’ no 2º tri

Nenhum comentário:

Postar um comentário