sexta-feira, 6 de julho de 2012

Peru e Brasil planejam construir ferrovia na região amazônica

06/07/2012 - Portal Terra

O trem partiria de Cruzeiro do Sul, no Estado do Acre, e poderia chegar, inclusive, até o porto de Chimbote, no litoral norte peruano

Peru e Brasil acertaram trocar informações sobre um projeto para construir uma rede ferroviária que ligue a cidade brasileira de Cruzeiro do Sul à cidade amazônica peruana de Pucallpa, informou o ministro dos Transportes e Comunicações peruano, Carlos Paredes.

"Concordamos em trocar informações sobre os planos em cada país a respeito desse projeto de unir as duas cidades (por via férrea) de maneira que a produção brasileira se possa conectar com o Pacífico", afirmou Paredes ao jornal econômico Gestión.

O ministro participou recentemente em uma reunião em São Paulo com autoridades da Direção de Política Nacional brasileira para de coordenar projetos destinados a tornar realidade o projeto ferroviário, informou.

Por sua parte, Jorge Velásquez, presidente regional de Ucayali, cuja capital é Pucallpa, destacou que um banco brasileiro está disposto a financiar os custos da elaboração do expediente técnico e os estudos de factibilidade, que giram em torno dos US$ 500 milhões.

O trem partiria de Cruzeiro do Sul, no Estado do Acre, e poderia chegar, inclusive, até o porto de Chimbote, no litoral norte peruano, dependendo do entendimento a que chegar com o governo peruano para conseguir sua viabilidade, explicou.

"Com esta rede ferroviária, Ucayali crescerá muito e haverá mais postos de trabalho", afirmou, ao enfatizar que será beneficiada a produção peruana de tomates, cebola e outros recursos demandados pelo mercado brasileiro.

O presidente regional acrescentou que autoridades e investidores brasileiro que apoiam o projeto visitarão Pucallpa de 12 a 15 de julho por ocasião de uma feira regional na qual avaliarão a oferta de produção da região amazônica peruana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário