sexta-feira, 18 de maio de 2012

Ferrovia pode ser ampliada no Sul do Estado de Santa Catarina

17/05/2012 - Portal Sul Notícias

Esta extensão é indispensável para dar viabilidade a atividade mineradora.

Criciúma - A construção do ramal Mina 101 da Ferrovia Tereza Cristina (FTC) terá parecer técnico oficial da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) na próxima semana. Este foi o encaminhamento dos diretores da Agência, em reunião com o secretário de Articulação Nacional, João Matos; diretor Jurídico da FTC, Antônio Carlos Modesto; e deputado federal Edinho Bez, nesta quarta-feira, em Brasília.

"Esta extensão é indispensável para dar viabilidade a atividade mineradora. É caro e quase inviável transportar a produção daquela unidade por meio de caminhões, congestionando e depreciando as rodovias", salientou Matos.

O ramal para atendimento à Mina 101, em Içara, tem 4,5 quilômetros de extensão, produção estimada de 360 mil toneladas e está orçado em R$ 7,5 milhões. Além dele, a FTC já apresentou proposta para construção de outros dois novos trechos, o Maracajá com 11 quilômetros e o Usitesc com 15,7 quilômetros. No entanto, devido ao início iminente das atividades na Mina 101, o primeiro é mais urgente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário