quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Edital do TAV terá consulta pública em janeiro e 1º leilão no 3º trimestre

08/12/2011 - DCI/SP

Tais definições de data foram dadas ontem pelo diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Bernardo Figueiredo.

São Paulo - O novo edital do Trem de Alta Velocidade (TAV) que ligará Campinas (SP), São Paulo e Rio de Janeiro será aberto para audiência pública no dia 2 de janeiro de 2012. Com isto, espera-se que ao final de fevereiro seja divulgada a versão final do documento e, no terceiro trimestre do próximo ano, aconteça o leilão da primeira fase do projeto. Esta selecionará o grupo que terá a tarefa de definir a tecnologia a ser utilizada no TAV brasileiro. -

Tais definições de data foram dadas ontem pelo diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Bernardo Figueiredo. "Nas duas últimas semanas de janeiro faremos reuniões presenciais para debater a minuta do edital em todas as cidades por onde o TAV vai passar: Campinas, Guarulhos, São Paulo, São José dos Campos, Volta Redonda, Barra Mansa e Rio", disse ele. Figueiredo participou em São Paulo de evento promovido pelo Sindicato Interestadual da Indústria de Materiais e Equipamentos Ferroviários e Rodoviários (Simefre).

Questionado se há certeza de que o leilão do TAV de fato se dará em 2012, ele respondeu que "a garantia que o governo dá é que o projeto vai em frente. Não acredito que teremos frustração. Tivemos uma longa conversa com todos os investidores e todos concordam com a modelagem que estamos adotando agora. As dificuldades que eles tinham estarão contempladas no novo edital".

O governo chegou a realizar em julho último um leilão para a concessão do TAV mas a iniciativa fracassou, pois nenhuma empresa apresentou proposta. A ANTT resolveu então que adotará um modelo de licitação dividido em duas etapas: uma para selecionar a tecnologia a ser usada e quem cuidará da operação do trem e outra para escolher o responsável pela construção da linha do TAV. A previsão é de que a 2ª fase do leilão seja realizada no segundo trimestre de 2013, um ano após a disputa da 1ª fase ter ocorrido, e que o TAV comece a operar em 2018.

E nesta semana o governo estadual paulista anunciou que pretende levar linhas de trem rápido (que roda a cerca de 120 km/h) para Ribeirão Preto e Piracicaba. Os ramais sairão de Campinas. Os primeiros trens, que terão capacidade para 600 pessoas sentadas, deverão atender a região de Jundiaí a partir de 2014.

Fonte: DCI / SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário