sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Ibama suspende licenciamento da FICO

06/10/2011 - Água Boa News

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) suspendeu o trabalho de licenciamento ambiental prévio da Ferrovia de Integração do Centro Oeste (Fico) e a obra, cuja conclusão estava prevista entre o final de 2013 e o início de 2014, está praticamente paralisada.

"Na verdade, nem saiu do papel ainda", confirma uma fonte do Ibama ouvida pelo Olhar Direto no final da manhã desta quinta-feira (6). "O Ibama tem outras prioridades e não há vontade política com a Fico, o que é lamentável", revelou a mesma fonte, em tom de desabafo, que vinha trabalhando no licenciamento.

Inicialmente, a Fico iria ligar Uruaçu (GO) a Vilhena (RO), num traçado de 1.602 quilômetros, que vai exigir investimentos da ordem de R$ 6,4 bilhões. Contudo, no trecho entre Campinorte, em Goiás, e Água Boa, em Mato Grosso, a obra, de fato, continua nas pranchetas e não saiu mesmo do papel.

Em território mato-grossense, a ferrovia também passará por Lucas do Rio Verde. O ex-presidente da Valeca-Engenharia, Construções e Ferrovias S/A, empresa do governo federal responsável pela obra, chegou a anunciar, em Lucas, que os trilhos chegariam até aquele município "no final de 2012".

"Infelizmente, este será mais um sonho frustado para a sociedade de Mato Grosso, porque a articulação da bancada federal deixa a desejar, assim como a inércia do governador Silval Barbosa preocupa. Tem que haver um trabalho conjunto de todos, envolvendo inclusive as bancadas de Goiás e Rondônia, porque mais vez estamos perdendo o 'trem da história'", declarou uma segunda fonte ouvida pelo Olhar.

Para desalento das autoridades de Mato Grosso, não é só apenas a suspensão do licenciamento prévio que preocupa. As licitações para contratação de empresas responsáveis pelas desapropriações e pelo projeto executivo (PE) também estão suspensas.

Segundo apurou a reportagem, apenas o projeto básico (PB) entre Campinorte e Água Boa está pronto. No trecho Água Boa-Lucas, o PB está caminhando a passos de tartaruga. "É uma situação lamentável, sob todos os aspectos e as bancadas dos Estados da áreas de abrangência da Fico precisam se mobilizar se quiserem que as obras voltem a andar", sentencia uma terceira fonte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário