quinta-feira, 28 de julho de 2011

TCU manda parar licitação da ferrovia que passará por Lucas R. Verde

28/07/2011 -

Qualquer ação de planejamento foram suspensas com a nova decisão do TCU.

O Tribunal de Contas da União determinou na tarde de ontem, a suspenção das licitações das obras da Ferrovia Integração Centro-Oeste (FICO) ligando Goiás-Mato Grosso-Rondônia, com previsão de ser construído um terminal de cargas em Lucas do Rio Verde. O TCU identificou fortes indícios de superfaturamento no projeto para construir a ferrovia. A notificação foi encaminhada ao Ministério dos Transportes. "Quando o projeto é mal feito, há serviços adicionais que não estavam previstos, alterações no projeto inicial e vão gerando termos aditivos. Sempre que acontece isto, o risco de superfaturamento e prejuízos aos cofres públicos é enorme", disse o ministro do TCU, Marcos Bemquerer.

O ministério, através da Valec Engenharia - empresa estatal do setor de ferrovias-, havia lançado licitações de vários trechos para serem construídos os trilhos e terminais de cargas. Qualquer ação de planejamento foram suspensas com a nova decisão do TCU.

Conforme Só Notícias já informou, a previsão de início da construção era os primeiros meses de 2012, com conclusão de todo o trecho até Lucas do Rio Verde, totalizando 1.040 Km, em 2014. Concluída toda a primeira etapa, a Ferrovia passará pelos municípios de Cocalinho, Nova Nazaré, Água Boa, Canarana, Gaúcha do Norte, Paranatinga, Nova Ubiratã e Sorriso, até chegar a Lucas. A segunda etapa da Ferrovia Centro-Oeste segue até o município de Vilhena (RO). O total de investimentos do Governo Federal, é de R$ 4,1 bilhões para a primeira etapa, e R$ 2,3 bilhões para o trecho Lucas-Vilhena.

Fonte: Só Notícias/Editoria com

Nenhum comentário:

Postar um comentário