segunda-feira, 18 de julho de 2011

Ferrovia Transnordestina pode passar pela Paraíba
Publicado: segunda-feira, 18 de julho de 2011
Vital do Rêgo diz que obra irá alavancar a economia da Paraíba

Durante um café da manhã, a presidenta Dilma Rousseff revelou para o senador Vital do Rêgo (PMDB) que existem bons indicadores para que a Ferrovia Transnordestina passe pela Paraíba.

O senado é um dos que defendem a inclusão de um Ramal do empreendimento na Paraíba. Ele lembrou que o "Ramal da Transnordestina" é o meio mais apropriado para a interligação do Porto de Cabedelo, aos Portos de Pacém no Estado Ceará, de Itaqui no Estado do Maranhão e ainda ao de Suape no Estado de Pernambuco.

De acordo com Vital do Rêgo, a integração do Porto de Cabedelo aos de Pacém, do Ceará, Itaqui, do Maranhão e Suape, de Pernambuco, elevará a capacidade de escoamento da produção nessas localidades e benefíciará toda a Região Nordeste.

O senador que é titular da Subcomissão Permanente de Desenvolvimento do Nordeste não tem dúvida de que a Transnordestina marcará o surgimento de um novo tempo na região e alavancará de vez a economia dos estados da região contemplados com o empreendimento. Segundo o senador o "Ramal da Transnordestina" é o meio mais apropriado para a interligação do Porto de Cabedelo, na Paraíba, aos Portos de Pacém no Estado Ceará, de Itaqui no Estado do Maranhão e ainda ao de Suape no Estado de Pernambuco.

Segundo o peemedebista, a integração do Porto de Cabedelo aos portos nordestinos, elevará a capacidade de escoamento da produção nessas localidades e beneficiará toda a Região Nordeste.

O senador que é vice-líder do governo no Senado lembrou que a Presidente Dilma Rousseff já garantiu que a Transnordestina terá 1.728 km de extensão e vai ligar a cidade de Eliseu Martins (PI) a vários portos do Nordeste, capazes de operar navios de grande porte. "Os trabalhos da ferrovia estão avançados – mais de 50% do total está com obras em execução. São 25 frentes, que empregam diretamente mais de 11 mil trabalhadores", garante Vital.

Para ele, trata-se de um megaempreendimento que vai contribuir para a redução das nossas desigualdades regionais e sociais, por estar voltada especialmente para o transporte de produtos agrícolas e de minério do semi-árido. "Esse projeto vai dá um grande impulso ao desenvolvimento econômico e à geração de empregos no Nordeste", afirmou o senador.

Durante a audiência Vital do Rêgo voltou a lembrar que a Paraíba ainda é carente de infra-estrutura viária, infra-estrutura marítima e infra-estrutura ferroviária. "Precisamos viabilizar os projetos que recolocarão a Paraíba no caminho do desenvolvimento. Nosso Estado é muito rico e tem condições de contribuir muito para o crescimento de todo o Nordeste", afirmou o senador que tem combatido as desigualdades sociais que ainda existem na região.

Fonte: Revista da Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário