segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Obras da ferrovia Centro-Oeste começam neste ano

3/12/2010 - Portal CNT

Foto:J. Freitas - Agência Senado


Ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos

O Ministério dos Transportes iniciou o projeto executivo da Ferrovia de Integração Centro-Oeste (Fico), construção que integrará a produção da região aos portos brasileiros por meio de ligações com a Ferrovia Norte-Sul. Em audiência pública no Senado Federal nessa quinta-feira (2), o ministro Paulo Sérgio Passos declarou que as obras devem ser iniciadas até o fim deste ano.

Desde o início de novembro, a empresa vencedora da licitação Enefer está instalada em Água Boa (MT) para elaborar o projeto executivo da obra. A construção ficará a cargo da estatal Valec. “Também vamos dar a ordem de serviço para iniciar a construção da ferrovia que liga o interior da Bahia até o litoral, para potencializar o escoamento de grãos e minério de ferro”, declarou o Ministro.

As duas obras estão na “ordem do dia” do governo, junto com a finalização da Rodovia Transnordestina. De acordo com Passos, a Norte-Sul também é prioridade, e deve ser finalizada até o primeiro semestre de 2011. “Além disso, é de extrema importância todo o projeto de redesenho da malha ferroviária brasileira com o sistema de bitola larga. Não é possível um país com essa dimensão e potencial repousar apenas no setor rodoviário”, complementou.

Segundo o ministro, a malha rodoviária também é foco neste fim de gestão do presidente Lula. “Temos uma grande preocupação com os corredores de transporte que vão em direção aos portos brasileiros. Isso é complementado nas estradas por obras de ampliação da capacidade e adequação”, informou.

Nas rodovias, Passos destacou a conclusão das obras na BR-060 em Anápolis, a duplicação da BR-050 até a divisa entre Minas Gerais e Goiás e da BR-101, duplicada no trecho entre Salvador (BA) e Natal (RN).

Em relação à Região Sudeste, Passos declarou o comprometimento do governo com o Rodoanel de São Paulo (SP) e a execução do trecho norte, calculado em R$ 430 milhões.

Marina Severino
Redação CNT

http://www.sistemacnt.org.br/portal/webCanalNoticiasCNT/noticia.aspx?id=b572b933-cdb4-4a18-95f6-5d4cd1c898b6 

Nenhum comentário:

Postar um comentário