domingo, 12 de dezembro de 2010

Começam as obras da Ferrovia Oeste-Leste

10/12/2010 - CNT

Lula e Jacques Wagner, na autorização das obrasO presidente Lula autorizou, nesta sexta-feira (10) em Ilhéus (BA), o início das obras dos quatro primeiros lotes da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL). O trecho liga as cidades de Ilhéus e Caitité com 537 km de trilhos. A primeira fase da obra gerará 10 mil empregos diretos e 30 mil indiretos.

A obra faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e recebeu um investimento de R$ 2,4 bilhões. A conclusão desse primeiro trecho está prevista para dezembro de 2012. O segundo trecho, que liga Caetité a Barreiras e São Desidéio, todas na Bahia, terá 485 km e tem entrega prevista para dezembro de 2013. O projeto da Oeste-Leste inclui, ainda, a ligação das cidades baianas ao município de Figueirópolis, em Tocantins. 

De acordo com a Valec, que coordena as obras, a ferrovia terá 1.527 km quando concluída e terá recebido cerca de R$ 7,3 bilhões. A estimativa é que o volume de carga a ser transportado chegue a cerca de 70 milhões de toneladas anuais, sendo 50 milhões em minérios. 

200 anos de espera

Para o presidente Lula, a construção da Ferrovia Oeste-Leste é a realização de um antigo sonho da população brasileira. “Tinha muita gente que acreditava que essa ferrovia não ia sair do papel. A gente está acordando e transformando o sonho, que começou em 1790, em realidade”, afirma.

O governador do Estado da Bahia, Jacques Wagner, relembra que o primeiro traçado da ferrovia foi feito nos anos 50. “Mas ela foi pensada ainda nos séculos XVIII e XIX”.

O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, que é baiano, fala sobre a importância da obra para a região. “Uma ferrovia tem a capacidade de elevar o padrão social de uma localidade de uma maneira impressionante”, avalia.

Segundo ele, neste caso, grãos e minérios serão transportados pelo corredor que ligará a Região Centro-Oeste ao litoral baiano para escoar a produção. “Do ponto de vista viário é a maior obra de infraestrutura que a Bahia já viu”, aponta.

Porto Sul

Segundo o presidente Lula, em março ou abril do próximo ano, a presidente eleita, Dilma Rousseff, deve autorizar o início das obras do Porto Sul, no estado baiano, que estará ligado à ferrovia. “O porto já tem até local escolhido”, assegurou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário