domingo, 19 de setembro de 2010

Prefeitura de Americana quer retirar trens da cidade



09/09/2010 - Folha de S. Paulo


O secretário de Transportes de Americana (127 km de São Paulo), Jesuel Freitas, disse à Folha nesta quinta-feira que as linhas férreas devem ser removidas do perímetro urbano, sob pena de mais acidentes como o de ontem acontecerem. Na noite de ontem, um acidente entre um trem e um ônibus causou a morte de nove pessoas na região central da cidade.

Segundo Freitas, a cidade cresceu em torno da linha férrea, o que aumentou a ocorrência de acidentes --ele informou que entre 40% e 50% das linhas de ônibus da cidade cruzam a linha do trem em parte do trajeto. Também segundo ele, Americana tem 135 mil veículos de passeio em circulação.

Freitas disse que há mais de um ano a prefeitura tenta negociar com a ALL --concessionária que administra os trens-- a transferência das linhas, que passariam a margear a cidade.

De acordo com ele, a área onde estão os trilhos atualmente é de domínio da concessionária, o que impede a retirada pela prefeitura.

O secretário negou que o acidente tenha sido causado por má sinalização. "Além dos equipamentos visuais e sonoros, que estão em pleno funcionamento, há sempre um funcionário que alerta os veículos no cruzamento com a linha do trem, 24 horas por dia, sete dias por semana", disse.

A assessoria da concessionária ALL informou que todas as obras relativas à malha ferroviária devem ser feitas pela União, após pedido do município.
A ALL informou que tem a concessão do uso do trilho, e não do terreno por onde ele passa. A concessionária disse concordar com a saída da linha férrea do centro da cidade, "já que colabora com a segurança da população e contribuiu com a produtividade dos ativos".

A batida aconteceu por volta das 23h15 da quarta-feira na passagem de nível na rua Carioba, no centro da cidade. Segundo o Corpo de Bombeiros, um ônibus foi arrastado pelo trem por mais de 100 metros.

Nove pessoas morreram e outras sete estão internadas, sem risco de morte, segundo o Hospital Municipal de Americana.

A Polícia Civil está investigando as causas do acidente. A reportagem não conseguiu contato com ninguém que pudesse prestar informações sobre o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário