sábado, 14 de agosto de 2010

ANTF entrega documento com estratégias do setor aos presidenciáveis


12/08/2010 - Transporte Idéia

Os principais candidatos à Presidência da República vão receber da Associação Nacional dos Transportes Ferroviários (ANTF) um documento que mostra as questões estratégicas ligadas à infraestrutura do setor ferroviário e sua importância para o país.

O documento faz parte da programação do 4º Brasil nos Trilhos, que reúne as principais empresas do setor ferroviário para debater as prioridades de investimentos no setor.

De acordo com a ANTF, os investimentos privados nos últimos anos revitalizaram as ferrovias brasileiras, que aumentaram de 19% para 26% a participação na matriz de transporte no Brasil. Segundo o presidente da ANTF, Marcelo Spinelli, o volume de carga por ferrovias aumentou 56% desde a desestatização do setor, entre 1996 e 1998, que até então era administrado pela Rede Ferroviária Federal S.S.A (RFFSA).
- A produtividade das ferrovias subiu 77%. E o transporte de contêineres nas ferrovias, é hoje 80 vezes maior do que no primeiro ano de concessão - garantiu Spinelli.

Dados da ANTF mostram que, de 1997 ao primeiro semestre de 2010, as concessionárias aplicaram nas ferrovias R$ 22,1 bilhões na recuperação da malha, novas tecnologias de operação, capacitação de profissionais, aquisição e reforma de material rodante (vagões e locomotivas). O governo aplicou R$ 1,1 bilhão e planeja agora uma série de obras de expansão e modernização, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e Plano Nacional de Logística e Transporte (PNLT).

Após a desestatização das ferrovias, a carga movimentada aumentou 56,1%, passando de de 253 para 395 milhões de toneladas. Além disso, houve crescimento de 119,5% na oferta de empregos diretos e indiretos e de 17% para 26% na participação das ferrovias na matriz de transporte de cargas no país.

Fonte: Agência Brasil

http://www.transporteideias.com.br/2010/08/12/antf-entrega-documento-com-estrategias-do-setor-aos-presidenciaveis/

Nenhum comentário:

Postar um comentário