quinta-feira, 24 de junho de 2010

TAV deve ter obras iniciadas em 2011


18/06/2010 - Mercado e Eventos
Durante o Seminário de Transporte Aéreo Regional e Logística Integrada ao Turismo, um painel discutiu o Trem de Alta Velocidade (TAV) que ligaria as capitais São Paulo e Rio de Janeiro. Segundo Hélio Mauro França, da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), as obras do trem devem começar no próximo ano.
Também presente no seminário que ocorreu em São José dos Campos (SP), Roberto Garibe, da subchegia de articulação e monitoramento da Casa Civil, afirmou que o projeto realmente sairá no papel e será feito. De acordo com França, haverá licitação entre empresas do Japão, Europa, Estados Unidos e China para que um modelo seja usado no Brasil.
A estimativa é que o preço teo da classe econômica seja 50 centavos de real por quilômetro, disse França. Segundo ele, a concessão para quem ganhar a licitação será comum, remunerada com tarifa e receitas extraordinário e terá prazo de 40 anos. O investimento total ficará por volta de R$ 34 bilhões, divididos entre iniciativas privada e pública.
Segundo França, o trem passaria em sua trajetória por cidades como Volta Redonda (RJ), São José dos Campos (SP) e Campinas (SP). Um dos benefícios do TAV é que ele reduziria a pressão sobre as infraestruturas rodoviária e aeroportuária. Além disso, em todos os países que usam o sistema, o número de acidentes com morte é zero nesse meio de transporte, disse ele.
A velocidade média de um tav é de 250 quilômetros por hora, dependendo do modelo. Sendo assim,a estimativa é que uma viagem entre Rio e São Paulo dure 93 minutos. França explicou que os benefícios não envolvem apenas as cidades envolvidas na trajetória, mas também toda uma extensão região, como, por exemplo, cidades de Minas Gerais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário