terça-feira, 4 de maio de 2010

Rondonópolis recebe Ferronorte até 2012



BNDES garante entrega de recursos ao projeto
ALL deve definir ainda questões sobre a instalação dos trilhos em Cuiabá


O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) afirmou que, se depender da liberação dos recursos, a obra dos trilhos da Ferronorte, no trecho Alto Araguaia/Rondonópolis, ficará pronta até 2012.
Durante audiência realizada nesta segunda-feira, 3, na sede do BNDES, no Rio de Janeiro, Silval Barbosa, governador de Mato Grosso, acordou com os executivos do banco a intervenção junto à ALL (América Latina Logística) para que haja celeridade e definição quanto a chegada dos trilhos da ferrovia a Cuiabá.
“O transporte ferroviário é considerado de alta capacidade e vai beneficiar a logística e garante o desenvolvimento de Mato Grosso”, destacou Silval.
Para Henrique Amarante, superintendente da área de Estruturação de Projetos, “mais do que transportar grãos e fortalecer o crescimento econômico, a chegada da Ferrovia a Cuiabá representa o desenvolvimento turístico de Mato Grosso, sendo que os trilhos passam pela região pantaneira”, considerou.
Hoje, a obra depende da solução de questões com a ALL, que possui o controle do grupo Brasil Ferrovias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário