sábado, 4 de agosto de 2012

Senai de SP terá escola especializada em ferrovias

02/08/2012 - Revista Ferroviária

O Senai de São Paulo vai construir uma escola especializada na formação de profissionais para construção, manutenção e operação de ferrovias.  A nova escola terá cursos envolvendo o transporte de carga e passageiros, com abordagens sobre trens urbanos, de média velocidade, trens regionais de média e alta velocidade.

Serão investidos R$ 60 milhões nas obras e compra de equipamentos para a nova escola, que funcionará em uma área de 30 mil metros quadrados e terá pátio de manobras e testes. O local de implantação ainda não foi anunciado. A expectativa é que a escola seja instalada em Hortolândia (SP).

A ideia é estabelecer parcerias com os principais grupos do setor ferroviário para viabilizar o projeto. Também estão previstas parcerias com entidades e empresas internacionais que já atuem em projetos similares em seus países.  A apresentação do projeto será feita nesta quinta-feira (02/08) pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaf.

A falta de mão de obra qualificada é tema de debates e reclamações das operadoras. As escolas de formação ferroviária deixaram de existir há alguns anos e as operadoras passaram a investir em estruturas próprias e parcerias. A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e a MRS Logística possuem parcerias com o Senai.  Já a ALL e Vale contam com estruturas próprias de capacitação profissional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário